Discussão:Ferreira de Almeida Atualizada

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa


Violação de direitos autorais?[editar]

A 1ª edição da Tradução Atualizada de João Ferreira de Almeida foi feita em 1948, e a 2ª em 1993. Portanto, ainda não está em domínio público, a menos que a Sociedade Bíblica do Brasil tenha disponibilizado assim. -Diego UFCG 17:46, 12 Junho 2006 (UTC)

Existem várias Ferreira de Almeida. Existe a Ferreira de Almeida Corrigida Fiel de copyright da Sociedade Bíblica Trinitariana e as Ferreira de Almeida Revista e Corrigida e a Ferreira de Almeida Revista e Atualizada, estas duas últimas da Sociedade Bíblica do Brasil.
No entanto, a edição que disponibilizei aqui é a Ferreira de Almeida Atualizada, uma outra versão ainda, que está disponível no http://biblegateway.com como Public Domain e tem fonte digital proveniente de http://unbound.biola.edu/.
Comparando trechos aleatórios das quatro verá as diferenças. Se alguém, no entanto, encontrar trechos idênticos entre alguma tradução e o texto aqui do Wikisource será por culpa da versão digital que usei para wikificar; peço que em tais casos me comuniquem para que eu corrija. A Ferreira de Almeida Atualizada que disponibilizei é utilizada em diversos locais, muitos deles com clara obtenção de lucro privado. Não soube de nenhum local nem de nenhum software que tenha sido forçado a remover a disponibilização de tal tradução. Lugustomsg 18:04, 12 Junho 2006 (UTC)
O motivo pelo qual você não soube de nenhum é que a JUERP quase faliu e não tem podido perseguir os violadores, mas eles estão conscientes do problema. Muito convenientemente as pessoas costumam ignorar os avisos que não vêm acompanhados de uma ameaça de processo judicial.
A Unbound foi avisada por mim mesmo, repetidamente, e nunca se deu ao luxo de responder.
--
Leandro 00h58min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)

De qualquer forma, fico receioso com textos que não dizem qual foi o autor ou a data de produção. Mas como não tenho argumento nem contra nem a favor, deixa pra lá. -Diego UFCG 18:33, 12 Junho 2006 (UTC)

  • É um receio válido, que eu só não o tenho muito sabendo que se for necessário remover deste acervo muitos outros sofrerão com isso por necessitarem remover também, e que o Sword, software livre, usa também essa tradução. Eu adoraria localizar a versão impressa original para esclarecer isso definitivamente e corrigir certos erros de quem digitalizou que acabou suprimindo versículos, mas, até agora não consegui ter grandes resultados em minhas pesquisas. Lugustomsg 18:44, 12 Junho 2006 (UTC)
Eu tenho uma cópia em papel, como já ofereci posso enviar cópias de páginas para verificarem a violação dos direitos autorais.
--
Leandro 00h58min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)

Esta é a Bíblia protestante? É que não estão aqui os Livros de Tobite ou de Judite, por exemplo.o comentário precedente não foi assinado da forma habitual em wikis. Ele foi escrito por 81.151.218.167 (discussão • contrib.) 11h51min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)

Sim. Rafael, o Galvão 20:24, 10 Agosto 2006 (UTC)

Infelizmente, sob direitos patrimoniais da IBB[editar]

Infelizmente eſta verſão eſtá incorretamente nomeada, e ſob controle da Imprenſa Bíblica Braſileira, da Junta de Educações Religioſas e Publicações da Convenção Batiſta Braſileira.

É a Verſão Reviſada (‘de Acordo com os Melhores Textos em Grego e Hebraico’), © (1967) 1974.

Já teve de ſer retirada do projeto Sword pelo meſmo motivo.

--
Leandro 01h01min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)
  • Em casos mais simples de suspeitas de violação de copyright as páginas costumam ser debatidas em Wikisource:Manutenção. Mas, como este é mais complexo (desde pela quantia total de páginas que a obra ocupa até outros possíveis mau-entendidos discutidos acima), optei em mover a discussão para cá.
  • Não que eu desconfie de você, que eu não acredite ou que eu esteja com alguma outra intenção, mas, seria possível apontar algo que comprovasse se tratar de uma violação de direito autoral? Em outros casos nós temos como verificar facilmente, bastando consultar algum outro site. Neste caso em específico, no entanto, o local de onde se obteve originalmente o texto ainda afirma que o mesmo se trata de uma "atualização ortográfica" da tradução original — podendo apenas ser alguém com uma informação incorreta, apesar disso. (sobre atualização ortográfica: na minha interpretação como leigo, uma atualização ortográfica não caracteriza trabalho intelectual novo)
  • Existem informações que comprovem se tratar de um esforço novo de tal grupo? Geralmente isso vem afirmado em edições impressas, mas não disponho de acesso a nenhuma versão impressa que você mencionou.
  • Vou tentar localizar informações que estejam públicas na web sobre o assunto, mas peço que quem possuir informações que contrariem a fonte de onde obtive a digitalização as disponha nesta página. Infelizmente até que eu encontre informações, que alguém entre em contato comigo fornecendo tais informações, ou que eu repare que as fontes digitais assumiram terem se enganado (e me induzido, com isso, ao erro), manterei o material disponibilizado no Wikisource. Removê-lo significa deletar aproximadamente duas mil e quinhentas páginas de conteúdo e acessórias; ter um trabalho desses para remover uma suspeita de violação de copyright não confirmada não me é muito agradável
  • Grato pelo contato, Lugusto҉ 16:54, 13 Dezembro 2006 (UTC)
Bom, o que comprovaria? Uma cópia em papel do texto original, uma digitalização do frontispício, a transcrição dalguns trechos característicos? Vide a discußão relevante e sua conclusão no Projeto Sword.
Na verdade, discutiu-se muito mais a respeito no projeto Sword, mas o resumo é que uma comparação deßa texto mostra ser de fato a Revisada, apenas com algumas corrupções (erros ortográficos, omissões &c); que a Revisada de fato é uma revisão importante da Corrigida, não apenas ortográfica mas incluindo atualizações de vocabulário, melhoria de fraseado, anotações de textos espúrios &c; e que as fontes normais deße texto, como a UnBound Bible e outras, não responderam a pedidos de esclarecimento.
--
Leandro 18:58, 13 Dezembro 2006 (UTC)


A IBB na verdade é um braço editorial da JUERP. O site é http://www.juerp.org.br/ e o e-mail é editora@juerp.org.br .Rafael, o Galvão 18:13, 13 Dezembro 2006 (UTC)

Foi o que eu diße:

Imprenſa Bíblica Braſileira, da Junta de Educações Religioſas e Publicações da Convenção Batiſta Braſileira

--
Leandro 18:58, 13 Dezembro 2006 (UTC)
Li as duas mensagens aqui lincadas e outras relacionadas no arquivo de maio de tal lista. Novamente obrigado pelo contato. Reparei que você esteve tentando entrar em contato com o detentor dos direitos autorais da mesma. Obteve alguma resposta relacionada com isso? Conseguiu localizar outra tradução que não ferisse os direitos autorais? Lugusto҉ 01:18, 14 Dezembro 2006 (UTC)
Obtive, pediram um tempo para avaliar. Preciso voltar a entrar em contato com eles para perguntar pela decisão.
Achei a Traducção Brazileira de 1917, das SBU. Preciso obter um digitalizador de livros, sabes dalgum?
--
Leandro 00h54min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)
Infelizmente não possuo ainda muitos conhecimentos técnicos na parte de digitalização, conservação e restauração, apenas sei que existem os tais scanners que afetam pouco os livros. Mas, se ajudar em algo, encontrei nesses dias no Google Book Search estas traduções em domínio público disponíveis para download:
A segunda é a Figueiredo, romanista; as outras são diversas edições da JFA do século XIX. A quarta, já de 1914, é a RC, cuja edição de 1911 está sendo revisada no PGDP.
--
Leandro 02h00min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)

Não será deletado[editar]

Li mais atentamente as mensagens do mês de maio da lista do crosswire e entendi o que houve. Esta mensagem é fundamental.

O módulo foi deletado dos programas de tal projeto por possuir problemas técnicos de digitalização de uma versão livre (que eu me lembro que existiam quando tentei usar o Bibletime em 2004) corrigidos através da comparação de uma tradução que possui caráter de esforço intelectual novo. A correção técnica produziu a infração de copyright. O crosswire possuia como alternativa ou manter a versão com falhas técnicas ou manter a versão com violação de copyright. Tal projeto fez uma boa escolha optando por nenhuma versão.

A tradução disponibilizada neste site, no entanto, não possui a correção técnica que gerou problemas de copyright. É uma wikificação de um material obtido diretamente no site da Unbound. Por isso mesmo, ele não será deletado do Wikisource (ao menos por minha pessoa) até que um eventual detentor do copyright entre em contato demonstrando de forma inequívoca com comparação de textos que se trate realmente de uma versão protegida.

As traduções da família Ferreira de Almeida realmente possuem várias semelhanças. Mas ao mesmo tempo possuem várias diferenças. Comparar as duas versões atualmente comercializadas pela SBB é uma boa demonstração disso. Entendo que as correções textuais feitas pelo Leandro juntamente com as correções técnicas para o Crosswire foram bem intencionadas, mas aparentemente os elos de semelhanças entre as traduções foram confundidos e as diferenças foram tomadas como erros, induzindo a produzir um trabalho derivado de um protegido por copyright. Não é o caso do texto aqui disponível.

Lugusto҉ 10:22, 14 Dezembro 2006 (UTC)

O que afasta a possibilidade da temível "Almeida Revisada Wikisource". Ozymandias 11:08, 14 Dezembro 2006 (UTC)

Hehe. Acho que podemos considerar isso resolvido por agora. Até que alguém venha reclamar sobre os direitos da versão que usamos. Mateus Hidalgo diga! 12:00, 14 Dezembro 2006 (UTC)
Sua informação está errada e incompleta, portanto foi-lhe impossível entender o que houve. O módulo foi removido porque não tem origem comprovada a não ser o texto da IBB. As minhas correções não introduziram erros, a informação da mensagem que você cita é falsa. A informação correta e oficial está em uma mensagem do líder do projeto.
Se voltarem a publicá-la, serei obrigado a continuar removendo e denunciar o fato à JUERP. Não gostaria de ter de fazê-lo.
--
Leandro 00h47min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)
Atualização final sobre o tema em [1] Lugusto 01h35min de 15 de Fevereiro de 2008 (UTC)

Edição em domínio público, em preparação[editar]

O site Distributed Proofreaders tem actualmente em conversão para e-book uma versão da Bíblia de Almeida, com base em scans de uma edição de 1911: o projecto Bíblia 1911. O texto será publicado no Gutenberg, e ficará livre para qualquer tipo de uso. Este projecto teve início em 2007 e levará vários anos para que todo o texto da Bíblia esteja disponível, pois cada página é revista cinco vezes. A previsão é que o primeiro livro seja publicado no final de 2009, e a totalidade da Bíblia cerca de 2011 (a não ser que haja um grande aumento do número de voluntários.) Quem quiser ajudar pode registar-se no site, aprender as regras de revisão, e começar a trabalhar. O livro de momento disponível para "principiantes" é II Reis (siga o link para ver a página do projecto). NB: esta é uma edição protestante contendo 66 livros, e é Ferreira de Almeida mas não Atualizada. O seu texto deriva do wiki:Textus Receptus.

Se alguém quiser ajudar não com verificação de páginas, mas com expressões regulares para transformar referências cruzadas em links HTML, pode enviar-me uma mensagem privada. -- Tintazul 12h41min de 13 de julho de 2009 (UTC)