Não vás ao monte, Nise, com teu gado

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
Não vás ao monte, Nise, com teu gado
por Luís Vaz de Camões

Não vás ao monte, Nise, com teu gado,
que eu lá vi que Cupido te buscava;
por ti somente a todos perguntava,
no gesto menos plácido que irado.

Ele publica, enfim, que lhe hás roubado
os melhores farpões da sua aljava;
e com um dardo ardente assegurava
traspassar esse peito delicado.

Fuge de ver-te lá nesta aventura,
porque, se contra ti o tens iroso,
pode ser que te alcance com mão dura.

Mas ai! que em vão te advirto temeroso,
se à tua incomparável fermosura
se rende o dardo seu mais poderoso!