Os Lusíadas

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
Os Lusíadas
por Luís Vaz de Camões
Os Lusíadas é o nome de um poema épico de Luís Vaz de Camões, publicado em 1572. A obra está dividida em 10 cantos, com número variável de estrofes. O tema do poema é a história de Portugal desde os primórdios até o tempo de Camões, com uma narrativa idealizada e alusões frequentes à mitologia e cultura clássica. É, geralmente, considerada a obra maior da literatura portuguesa, quer pela qualidade poética reconhecida, quer pelo sentimento patriótico de que faz testemunho.

Ao longo de dez cantos, Os Lusíadas possui 1.102 estrofes de versos decassílabos, ou seja, de dez sílabas rimáticas, somando ao todo 8.816 versos.

O esquema rimático de cada estrofe é a;b;a;b;a;b;c;c. Os primeiros seis versos são cruzados e os dois últimos emparelhados.

O texto com a ortografia original, publicada em 1572, está disponível em Os Lvsiadas.


Um ou mais capítulos estão disponíveis no formato de texto audível.

Capa de Os Lusíadas
Existe na Wikipédia um artigo relacionado com Os Lusíadas.
Existe no Wikcionário um artigo relacionado com Apêndice:Os Lusíadas.
Versão para Impressão
Uma versão para impressão de Os Lusíadas está disponível. (editá-la)