Ai! se a saudade matasse

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Ai! se a saudade matasse)
Quadra de tradição popular coletada por João Simões Lopes Neto
Poema agrupado posteriormente e publicado em Cancioneiro Guasca .


Ai! se a saudade matasse
— Como tem de obrigação —
Muita gente morreria
De pura imaginação!