Amor Sublime

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amor Sublime
por Ida Scott Talor, traduzido por Salomão Luiz Ginsburg
Cântico integrante de Cantor Cristão


Qual ave que, buscando os céus,
O mundo deixa e seus troféus,
Minha alma vem a ti, senhor,
Pra conhecer teu terno amor.

Divino amor, sublime amor,
Dos grandes temas o maior!
Minha alma quer fruir, gozar
De cristo o tão sublime amor.

Amor sublime, amor real,
Amor eterno e sem igual,
Sobre uma cruz por mim morrer
E me salvar por seu poder!

Teu nome, ó Deus, publicarei,
A tua graça, a tua lei,
O teu poder e o teu amor!
Minha alma adora-te, senhor!