Carta de Dom Pedro II para sua irmã Januária (7 de janeiro de 1861)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Cara Mana

Muito bons annos. Tenho muito pouco tempo para te escrever.

As eleições fizerão-se aqui sem maior disturbio; mas a situação politica tem se complicado, como verás dos diarios, e receio que não possa haver para o futuro senão uma politica pouco conciliadora, por causa do encarniçamento dos partidos.

Senti profundamente o naufragio da Curveta Izabel onde morreram tantos officiaes d´esperança e ateé o tive recommendado, a respeito de quem tive boas informações como pobre.

Vejo como os negócios por lá vão, e admiro o procedimento do rei, que obra agora livre de traidores. Faz bem em sustentar-se dentro da Gavea, porque ninguem sabe que mudanças se darão dentro de pouco tempo.

Lembranças a todos os teus, e pezames tambem ao Luiz pela morte do Syracusa; muito tem soffrido a pobre da Thereza de tempos para cá, ella que tão amiga e de sua patria e dos seus! Um saudoso abraço a ti e ao Luis do

Teu Mano do coração

Pedro