Carta de Dom Pedro II para sua irmã Januária (8 de maio de 1861)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carta de Dom Pedro II para sua irmã Januária (8 de maio de 1861)
por Dom Pedro II


Rio 8 Maio de 1861

Cara Mana

Ainda não recebi as brochuras que alias muito te agradeço.

Estimo que todos estejão bons.

Não ha novidade por cá. A camara tem minoria ardente; mas o governo hade atravessar bem a sessão, e talvez se faça alguma cousa alem das leis indispensaveis. Agora ainda se occupão com a questão da verificação dos poderes, receiando que não sejão tão justos como cumpre.

Recebi uma brochura que contem um diario do [ilegível] de falta feito por um francez e publicada em Paris; mas agora o tempo para quazi nada me resta.

Morreu a nossa afilhada Januaria Filha do Visconde de Sapucahy (Candido Jozé de Araujo Viana) o que me causou muita pena, estando tambem a morrer o irmão Ernesto de quem o te deves tambem lembrar; são irmãos da Maria Candida.

Cuida mais do teu portuguez; estuda tua lingua, e não m´escreves as vezes n´uma lingua, que não é nem portuguez, nem italiano.

Adeus! Lembranças ao Luiz, e a teus filhos, e aceita este saudosissimo abraço de

Teu Mano do coração

Pedro