Dá-me, um sorriso ao domingo

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Dá-me, um sorriso ao domingo)
por Fernando Pessoa
Quadra escrita por Fernando Pessoa. Agrupada postumamente (em 1965) como Quadras ao Gosto Popular.[*]

Dá-me, um sorriso ao domingo,
Para à segunda eu lembrar.
Bem sabes: sempre te sigo
E não é preciso andar.