Declaração do Presidente do Senado da Bélgica

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
Declaração do Presidente do Senado da Bélgica
Declaração do Presidente do Senado da Bélgica (3 de Abril de 2003)




  • Estamos aqui hoje reunidos para comemorar juntamente com o povo da Ucrânia, e com a Comunidade Internacional, um dos acontecimentos mais trágicos da História da Ucrânia: o 70.º aniversário da fome de 1932-1933, deliberadamente organizada pelo desumano regime de Estaline. Ao fazê-lo, pretendemos prestar homenagem à memória das vítimas desta tragédia que liquidou mais de 7 milhões de vidas humanas.
  • Este crime monstruoso, cometido contra o povo ucraniano, deixou o Mundo horrorizado devido às suas proporções gigantescas e ao seu dramatismo sem precedentes.
  • A fome de 1932-1933 na Ucrânia é a expressão do cinismo, através do qual se manifesta o terror político, e cujas consequências revelam a importância desta catástrofe ao nível humanitário, na História do século XX.
  • A fome de 1932-1933 na Ucrânia é um acto de genocídio contra o povo ucraniano. É um dos crimes mais graves cometidos contra si durante a época do totalitarismo.
  • Ao prestar homenagem à memória da todas as vítimas desta tragédia, nós, Representantes da Bélgica, pretendemos que o mundo inteiro conheça a verdade sobre este acto monstruoso. É também a demonstração do nosso desejo de que tais acontecimentos não se voltem a repetir.


Armand de Decker

Bruxelas, 3 de Abril de 2003