Decreto de D. Pedro I de 18 de setembro de 1822 (tope nacional)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Decreto de D. Pedro I de 18 de setembro de 1822
por José Bonifacio de Andrada e Silva
Institui o laço nacional e a legenda dos patriotas do Reino do Brasil. Ver também Decreto de D. Pedro I de 18 de setembro de 1822 e Decreto de D. Pedro I de 1 de dezembro de 1822.


Convido dar a este Reino do Brazil um novo Tope Nacional, como já Lhe Dei um Escudo d'Armas; Hei por bem, e com o parecer do Meu Conselho de Estado Ordenar o seguinte: O Laço, ou Tope Nacional Braziliense, será composto das côres emblemáticas - Verde de primavera, e amarello de ouro - na fórma do modelo annexo a este Meu Decreto. A flôr verde no braço esquerdo, dentro de um ângulo de ouro, ficará sendo a Divisa voluntaria dos Patriotas do Brazil, que jurarem o desempenho da Legenda - INDEPENDENCIA OU MORTE - lavrada no dito angulo. José Bonifacio de Andrada e Silva, do Meu Conselho de Estado, e do Conselho de Sua Magestade Fidelíssima o Senhor Rei D. João VI, e Meu Ministro e Secretario de Estado dos Negócios do Brazil e dos Estrangeiros, o tenha assim entendido e o faça executar com os despachos necessários. Paço, 18 de Setembro de 1822.

(ass.) Príncipe-Regente.

José Bonifácio de Andrada e Silva.