Diferenças entre edições de "Wikisource:Página de testes"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
636 bytes adicionados ,  22h09min de 13 de junho de 2017
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Será mesmo que o respeito anda mesmo em desuso, pra mim soa tão confuso essa tal necessidade de alguém que é diferente enfrentar um mar de gente e lutando por igualdade.
<!-- POR FAVOR, NÃO APAGUE ESTA LINHA -->{{Página de testes}}<!-- não apagar -->
E talvez essa igualdade essa tal pluralidade seja mais pura vontade , de viver a liberdade de ser só o que se é de ser homem ser mulher de ser quem você quiser, de ser alguém de verdade.
* {{link DBB|D. Julia Lopes de Almeida}}
Seja transparente seja simplesmente gente mesmo que alguém lhe julgue diferente e mesmo que você mesmo se julgue diferente eu reforço seja gente urgente, há quem nasceu pra julgar, há quem nasceu pra amar e é tão simples entender de que lado a gente está. O lado certo é amar, Amar para respeitar, Amar para tolerar, Amar pra compreender que ninguém tem o dever de ser igual a você.
* Poesias de {{link LiPo|Luís Augusto Xavier Palmeirim}}
O amor é a própria cura remédio pra qualquer mal, cura o amado e quem ama, o diferente e o igual, talvez seja essa verdade que é pela anormalidade que todo amor é normal.
 
Aminha simples poesia tem o poder de alertar se você quiser respeito aprenda a respeitar, seja mais inteligente pois pra alguém diferente, o diferente é você. Ninguém no mundo é igual, normal é ser anormal não é difícil entender, entender que nós estamos percorrendo a mesma estrada pretos, brancos, coloridos em uma só caminhada.
----
Não carece divisão por raça, religião nem por sotaque “ oxente “ , seja homem ou mulher você só é o que é por também ser diferente .Seja menos preconceito , seja mais amor no peito seja amor seja muito amor e se mesmo assim .... for difícil SER não precisa ser perfeito , se não der pra ser AMOR seja pelo menos RESPEITO !
* {{proj trans|Vida Vertiginosa.djvu|Vida Vertiginosa}}
* {{proj trans|Vocabulario malavarico.djvu}}
* {{proj trans|Galeria inexistente.djvu}}
 
{{sc|[[wikt:brincar|Brincar]]}}
 
=== Teste autor ===
Minha estrela encantada/Desejo não realizado
 
Minha estrela encantada,
Serena e sempre amada,
Com os olhos vi,
O que não disseste de ti,
 
Em teu rosto toquei,
As boas recordações levei,
Só falta o teu coração,
Na minha própria mão,
 
A minha inocência ignorei,
Por ti um dia a Deus louvei,
Meu grandioso pecado,
Do amot alheio roubado,
 
Até já te tinha na minha própria mão,
Mas foi grande a minha estupidez,
Sem querer cheguei na hora dez,
Quando me esperavas na hora seis,
 
Hoje quando te vejo passar,
Meu peito chora,
Porque não consigo estar,
Com aquela que o meu coração adora.
Utilizador anónimo

Menu de navegação