Fausto/XXX

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

                      CENA II

MEFISTÓFELES (só)

Um doido amante
daquela força, iria, se pudesse,
às estrelas, à lua, ao sol pôr lume,
só para regalar a sua amada
de ver nos céus um fogo d’artifício,
em que tudo estoirando esfuzilasse.