Hino do município de Itaporanga (Paraíba)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino de Itaporanga
Letra por Vicente Cassimiro
Melodia por Moacir Geraldo Maciel
150pxOuça este texto (ajuda | info da mídiadownload)


I. Invoquemos do tempo a memória,
Do passado o exemplo, a lembrança;
Que possamos tecer nossa história
Com justiça, trabalho e esperança.

Ita é pedra,
Poranga é bonita,
Foi o nome que um dia te deu,
Coração que em teu seio palpita
E com letras de ouro escreveu.

II. Salve campo de verdes escassos,
Que labuta fecundo tornou,
No milagre de rústicos braços
O teu chão mil tesouros brotou!

III. O segredo de toda grandeza
Revelaste, o teu filho há de crer,
No esforço que gera riqueza,
No ideal convertido em saber.

IV. Com denodo, venceste, altaneira,
O inimigo em seu ódio voraz
E, em teu seio, nutriste, fagueira,
Os valentes obreiros da paz.

V. Se ao nascer, berço meu, solo amado,
Pude logo em teu céu respirar,
Em teu ventre, jazigo sagrado,
Quero um dia com paz descansar!