Hino do município de Recife

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino de Recife
Letra por Manoel Arão
Melodia por Nelson Ferreira
Instituído pela Lei Municipal nº 108, de 10 de junho de 1924
1

Mauricéia, um clarão de vitória
A visão de tua alma produz,
Toda vez que dos cimos da história
Se desenha o teu nome de luz

Estribilho

Tecida de claridade
Recife sonha ao luar
Lendária e heróica cidade,
Plantada à beira do mar.

2

Mauricéia, um fulgor vive agora
Que da Pátria foi belo fanal
Dezessete! que data e que aurora
Coroando a cidade imortal

3

E depois, com suprema ousadia,
Uma voz se exalçou senhoril
Vinte e quatro! É daqui que irradia
Nova luz para o céu do Brasil!