Hoje os Matos incultos da Bahia

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A chegada do illustrissimo senhor D. João Franco de Oliveyra tendo sido ja bispo em Angolla.
por Gregório de Matos
Poema agrupado posteriormente e publicado em Crônica do Viver Baiano SeiscentistaOs Homens BonsA Nossa Sé da Bahia

Hoje os Matos incultos da Bahia
Se não suave for, ruidosarnente
Cantem a boa vinda do Eminente
Príncipe desta Sacra Monarquia.
  
Hoje em Roma de Pedro se Ihe fia
Segunda vez a Barca, e o Tridente,
Porque a pesca, que fez já no Oriente,
A destinou para a do meio-dia.
  
Oh se quisera Deus, que sendo ouvida
A Musa bronca dos incultos Matos
Ficasse a vossa púrpura atraída!
  
Oh se como Arion, que a doces tratos
Uma pedra atraiu endurecida,
Atraísse eu, Senhor, vossos sapatos!