Meu amigo, nom poss'eu guarecer

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Meu amigo, nom poss'eu guarecer
por Dom Dinis


Meu amigo, nom poss'eu guarecer
sem vós nem vós sem mi; e que será
de vós? Mais Deus, que end'o poder há,
lhi rogu'eu que ele queira escolher
por vós, amigo, e desi por mi,
que nom moirades vós, nem eu assi
   
Como morremos, ca nom há mester
de tal vida havermos de passar,
ca mais nos valrria de nos matar
mais Deus escolha, se a el prouguer,
por vós, amigo, e desi por mi,
que nom moirades vós nem eu assi
   
Como morremos, ca ena maior
coita do mund'ou ena mais mortal
vivemos, amigo, e no maior mal,
mais Deus escolha, se a el prouguer,
por vós, amigo, e desi por mi,
que nom moirades vós, nem eu assi
   
Como morremos, ca per bõa fé
mui gram temp'há que este mal passou
per nós, e passa, e muito durou;
mais Deus escolha, como quem ele é,
por vós, amigo, e desi por mi,
que nom moirades vós, nem eu assi
   
Como morremos, e Deus ponha i
conselh', amigo, a vós e a mi.