Página:(1855) Sermões do padre Antonio Vieira, Volumes 5-6.pdf/723

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
341
SERMÕES

que tão prezo te tem , e tanto le tyrannisa. Esta é a hora de acabar de conhecer, e te desenganar desse fado e enganoso amor. Esta é a hora de abrir os olhos a esse amor cego. Esta é a hora de reformar esse amor escandaloso. Esta é a hora de purificar esse amor impuro, e de o pôr todo em Christo. Aproveitemo-nos, christãos, desta hora, pois não sabemus se teremos outra hora. Aproveitemo-nos (torno a dizer) desta hora, pois não sabemos se teremos outra. Ah, Senhor, como se ha de converter n'outra hora, quem se não converte a vós nesta hora vossa? Como vos ha de amar n'outra hora, quem vos não ama nesta hora de vosso amor? Por reverencia desta hora, por honra e gloria desta hora, por amor do amor desta bora, que triumphe nesta hora vosso poderoso amor desta natureza tào dura de nossos corações. Não permittaes, Senhor, por vossa bondade, que saia deste Cenaculo, nesta hora vossa, algum coração que não seja vosso. Basta um judas, basta um ingrato, basta um inimigo, basta um traidor. Oh triste alma, oh miseravel alma, oh desventurada alma, oh alma que melhor te fòra não ser creada, a que nesta hora se não rende ao amor de Christo.

Amoroso Jesus, todos nesta hora estamos rendidos ao vosso amor. Todos nesta hora, e desde esta hora, vos queremos amar de todo nosso coração. Só a vós, Senhor, só a vós: só a vós queremos amar, para nunca mais vos offender: só a vós queremos amar, para nunca mais vos ser ingratos: só a vós queremos amar, para nunca mais nos apartarmos de vós: só a vós queremos amar, para desta hora em diante nos apartarmos para sempre de tudo o que aparta de vosso amor. Seja esta hora o fim de todo o amor que não é vosso , e seja o principio de vos amarmos sem fim ; assim como vós sem fim nos amastes : In finem dilexit eos.