Página:A Confederação dos Tamoyos.pdf/23

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A CONFEDERAÇÃO DOS TAMOYOS

CANTO PRIMEIRO.

Oh sol, astro propicio que abrilhantas
Do creado universo altos prodigios;
Que aos bosques dás verdor, doçura aos fructos,
E os petalos das flores vario esmaltas!
Oh sol, vital principio, que na terra
O tenro germe da semente aqueces,
E o fecundas co'os teus benignos raios:
Luzeiro perennal, nume adorado