Página:A Guerra de Canudos.djvu/103

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
89
A Guerra de Canudos

A vanguarda no dia 25 era constituída pela 5ª brigada (S. Martins); no centro seguia a 4ª (Telles); a artilharia após esta e á retaguarda em protecção ao comboio, marchava a 6ª (Pantoja). O commandante da columna, seu estado-maior e o piquete precediam a 4ª. O es quadrão de lanceiros explorava meia legua na frente da vanguarda, em descoberta.

O sol já estava alto, quando o esquadrão ao mando do valente alferes José Vieira Pacheco, áquem da varzea de Cocoróbó descobriu o inimigo, com o qual poz-se logo em contacto, iniciando aturado tiroteio, de que resultou o ferimento de algumas praças. Esse official, coadjuvado pelos alferes J. Villalba da Rocha Pinto e Syllos Lopes, dispoz sua força de modo a procurar envolver o inimigo, o que não con seguio, devido a disposição do terreno ; toda via, o coronel Serra Martins, tendo sciencia do occorrido, apurou a marcha, de ordem do general Savaget, a quem o mesmo coronel mandára communicação pelo seu assistente, o alferes José Monteiro.

A's 11 ½ horas da manhã, a brigada da vanguarda travou o primeiro combate contra o inimigo ; este, agindo habilmente, recuou e foi-se entrincheirando nos cerros dominando a estrada e sustentou o fogo espaçadamente, causando varias baixas nas fileiras da brigada.