Página:A Guerra de Canudos.djvu/142

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
124
A Guerra de Canudos

N'esta simples citação, considerar-se-ha o inolvidavel serviço prestado pelo alferes Leite d'0liveira, que em tal occasião, revelou extraordinarias qualidades de calma, coragem e patriotismo, se recommendando a admiração geral.

O tiroteio, antes tão nutrido nas linhas de occupação da Favella, já não era sustentado com a anterior energia; tiros espaçados e um ou outro de canhão, faziam perceber que a divisão não atacava mais, sim, mantinhase em pura defensiva, ao passo que o fogo dos fanaticos continuava com o mesmo vigor. Afinal, de todo emmudeceu a artilharia.

Apezar da ordem enviada pelo general Arthur Oscar ao general Savaget, para que marchasse com sua força em soccorro da outra, a braços com eventualidades naturaes em todas as campanhas, mórmente n'aquella, em que o imprevisto era um facto importante a ser considerado, inclusive a completa falta de conhecimento do terreno, cheio de naturaes impecilios, ha uma consideração de grande pezo a se expender em relação ao modo como devia o general Savaget se ter conduzido, em tão criticas circumstancias.

E' a que o digno general, desde a vespera ouvindo fórte tiroteio e o troar d'artilharia em direcção á Favella, deveria capacitar-se de que