Página:A Guerra de Canudos.djvu/225

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Guerra de Canudos
191

bora soffrendo tenaz resistencia, o que determinou a entrada na acção de parte do 7.° pela direita, procedendo o mesmo o 9.° na esquerda: toda aquella zona, occupada por esses corpos, já era batida pelos fogos inimigos, que sempre nos esperou, apparelhado para a defesa.

Então, engajáram-se francamente no combate o 25.°, o 5.° e a outra ala do 7.°, desenvolvidos em linha sobre a direita e avançaram todos decisivamente, tendo á frente os experimentados commandantes Dantas Barreto e Tupy Caldas: varios cadaveres juncavam o sólo e os feridos emittiam pungentes gemidos.

Aquellas forças tinham percorrido uns 500 metros de terreno accidentado e desabrigado, dominado inteiramente pelos jagunços emboscados á entrada da cidadella.

Fôra grande o esforço empregado para transporem aquelle espaço, sob renhida fuzilaria: entretanto, estavam apenas á vista das primeiras casas nos suburbios de Canudos e o combate entrava em nova phase de energia e de encarniçamento.

N'essa occasião, a 2.ª columna entrava em acção e o coronel Telles, com a agudeza de vistas que o salientava nos momentos difficeis, com toda rapidez dezenvolveu sua aguerrida brigada á direita da 3.ª, e,junctas á 1.ª, continuaram avançando sem trepidação e iam batendo o