Página:A Guerra de Canudos.djvu/237

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
201
A Guerra de Canudos

guma disponivel para fim tão temerario, sendo que a brigada Pantoja fôra toda empregada no serviço de guarnição ao hospital, munição, Quartel-general, etc.

N'essa emergencia, aquelles chefes mantiveram-se stoicamente n'aquelle perigozo local, onde eram bem viziveis os estragos. Cahiram feridos em pouco e gravemente o coronel Carlos Telles, capitão Nunes de Salles, tenente Hortencio da Fonseca, Alferes Chananeco e alguns outros. Varios officiaes agonizavam entre outros já mortos; entretanto, os fanáticos não cessavam a fuzilaria, agora mais calma e espaçada, tiros aproveitados em verdadeira caçada de homens, na qual mostraram-se insignes.

A linha de fogo dos jagunços, prolongava-se da baze do morro da “Fazenda Velha”, apoiada no leito do rio á sua direita até a grande igreja, onde mantinham grande reforço; seguia pela latada com entrincheiramentos na cazaria: tinha de extensão 1.700 metros, afóra os grupos de atiradores esparsos em outros pontos.

A nossa frente tinha de extensão 1.500 metros, da esquerda no leito do rio, prolongandose pelos morros immediatos, descrevendo uma curva, terminando na direita no macisso central das habitações. Enfrentava todas as pozições do inimigo. Em 4.000 homens, foi o nu-