Página:A Guerra de Canudos.djvu/239

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Guerra de Canudos
203

A' esse tempo, mais ou menos, na pequena linha da frente, onde estava gravemente ferido o coronel Telles, á cujo lado os commandantes Dantas, Tupy, Seixas e Sampaio providenciavam sobre o proseguimento das hostilidades, appareceu o general Arthur Oscar, que accarretára grande perigo atravessando vasta zona, batida pelo fogo inimigo. O general em chefe conferenciou com aquelles commandantes, e, depois de algumas indicações voltou ao seu Quartel-General.

Então, os soldados affrontando os maiores perigos, desesperados de fome, sairam á caça de gallinhas e perús, correndo pelas ruas após aquelles animaes domesticos, succedendo que diversos caiam fulminados na caçada que tambem lhes faziam os jagunços. Os que voltavam traziam alguma farinha, feijão e rapaduras das casas, cujos donos eram mortos. Quanto á agua, foi alguma encontrada em pótes nas habitações, mas não dava para todos: ouviam-se os brados lancinantes dos pobres baleados, alguns morrendo á nossa vista, com a garganta ardendo em sêde !

O Dr. Tolentino de Albuquerque, quando seguia, afim de tratar do coronel Telles, caiu redondamente morto, baleado. O pharmaceutico Dias Ribeiro, que era como o precedente, myope, com muito custo lá poude chegar e pensou a