Página:A Guerra de Canudos.djvu/245

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
209
A Guerra de Canudos

gadas e de corpos, combinados, estabeleceram á custa de ingentes esforços o cordão de segurança, garantindo o acampamento da provável aggressão durante a noite.

Os tenentes-coroneis Dantas e Tupy rivalizaram em actividade e energia para conseguirem tal resultado. Auxiliaram-n'os os activos majores Seixas e Sampaio e os demais commandantes dos corpos da vanguarda. O major Sampaio justamente notabilizou-se pela calma e coragem extraordinaria, que n'aquelle dia desenvolveu; embora gravemente contuzo n'uma vista, só retirou-se da linha, depois de ter o seu estado se aggravado consideravelmente.

Estava, afinal, coberta a frente pelo cordão que mais tarde constituiu a linha-negra baluarte invencivel, objecto das preoccupações dos fanaticos, sempre hostilizando-a diariamente. A organização d'essa linha, cortando a Cidadela de L. para O., demandou grandes esforços, despendidos com admiravel tenacidade pelos officiaes e soldados que a occupavam.

Ao escurecer, o coronel Telles e outros feridos, foram transportados para logares melhor obrigados. Durante o resto da noite, em que todos mantiveram-se a pé firme e vigilantes, ainda se trocaram tiroteios e os dois canhões atiraram muitas vezes; era percebido grande