Página:A Guerra de Canudos.djvu/271

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
233
A Guerra de Canudos

n. 84, fazia publico a partida do bravo general Savaget, cujos serviços, dedicação e lealdade salientava em termos os mais honrosos, aguardando a volta de tão precioso camarada ficando certo de que em breves dias tel-o hia junto a si, para auxilial-o com seus sabios e abalisados conselhos'é. Ate ulterior deliberação a 2ª columna ficava fazendo parte da 1ª e passava a guardar o acampamento da Favella a 2ª brigada.

Mais de 600 feridos partiram, muitos já desilludidos de chegarem aos seus destinos. Seguiram officiaes de todas as graduações, inclusive o general Savaget, coroneis Telles, Nery e Serra Martins; majores Mesquita, Sampaio, Pereira de Mello e Cunha Mattos, capitães Henrique Pereira, Aguiar, Chachá, Benjamim, A. Grey, C. de Alcides; tenentes Xavier de Brito, Joviniano Franco, Almeida e Silva, (doente); alferes Francisco de Mello, Sousa Lima (doente) e muitos outros.

O 27° batalhão, sob o commando do major Henrique Severiano e o esquadrão de lanceiros, do 31°, transformado em carabineiros, escoltavam e protegiam os feridos, cuja partida occorreu entre geral emoção. Os que partiam atiravam-se n'uma aventura, cujo fim muitos receiavam. Os que ficavam no seu posto na linha de fogo, por sua vez esperavam ter a mesma sorte dos primeiros. Mas não puderam seguir ainda