Página:A Guerra de Canudos.djvu/374

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
312
A Guerra de Canudos

cilio Flores. Os sob o conimando dos 2os Tenentes Manoel Felix e Fructuoso Mendes conservaram-se nas mesmas posições, alvejando com cuidado, visto que, difficilmente podiam atirar sem offender as linhas, em virtude da sua collocação. Ao todo, viam-se 15 boccas de fogo, convergindo seus fógos sobre o inimigo, com os dias contados, mas inalteravel e inflexivel na resistencia feróz que mantinha.

Os seus viveres escasseiavam e só alimentavam-se relativamente os que se achavam em armas. O restante, em geral mulheres, meninos e invalidos, de bom grado desistia da sua parte em favor d'aquelles. Não se viam mais transitarem pelas viellas do povoado os leitões, cabras e cães, antes numerosos: tudo fôra sacrificado, sendo que os cães fugiam acossados pelos tiroteios, indo se embrenhar nas catingas.

A aguada, aliás abundante, estava-lhes interdicta, visto a acção dos nossos fógos e não lhes podia mais dar de beber. De noite, extensa fila de mulheres e creanças, magras e enfraquecidas por tantas privações e soffrimentos, partiam das habitaçães carregando pótes, latas e outras vasilhas, para carregarem agua das cacimbas, que abriam no leito do rio. Grande numero voltava ; outro, não menor, era victima do constante fusilamento e perdia a vida ao