Página:A Guerra de Canudos.djvu/415

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


No dia 18 d'esse mez, foi elle o intemerato commandante da vanguarda que penetrou em Canudos, sob uma chuva de balas, levando os fanaticos de vencida. Em seguida, foi o activo e assiduo combatente da “Linha negra”, ao lado de Dantas Barreto, Seixas, Sampaio, Laureano e outros tantos como esses, durante 78 dias de incessante batalhar, entre as mais inquietadoras vecissitudes.

Entretanto, aquelle indefectivel luctador, não morreu em combate: uma bala, ignora-se si perdida o colheu, quando na antiga trincheira, de binoculo, seguia com interesse as peripecias do assalto. Estava ali ha muito, doente, o organismo depauperado e incapaz de maior esforço, minado pela molestia, que ainda não conseguira arredal-o do seu posto. Ter-se-hia retirado de modo honroso, para si e o Exercito, depois de tantas próvas de abnegação e de patriotismo. Ficou, no entanto, desejoso de assistir o fim da lucta que tão grandemente o interessára.

O seu corpo foi inhumado pelos officiaes do 30° em singela, mas pittoresca sepultura, em ponto proximo ao Vasa Barris, do lado opposto ao arraial E, ali no theatro das suas mais assignaladas façanhas, dorme o eterno somno Tupy Caldas, que na vida pelejára dignamente em tantos combates.