Página:A Guerra de Canudos.djvu/446

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
378
A Guerra de Canudos

ao exotico arraial, encravado n'uma região inhospita e desolada, d'onde as proprias féras se esquivavam, constituem por certo, motivos de admiração entre os que luctaram contra os fanaticos de Antonio Conselheiro.

O caracter rigido e a natureza indomavel do Brazileiro sertanejo, mais que nunca, então ficaram exhuberantemente demonstrados. Taes homens, disciplinados, constituindo exercito convenientemente apparelhado e obediente á boa direcção, jámais deixarão em risco a integridade, a honra e a unidade Nacional. O ultimo jagunço de Canudos, n'um rasgo de espantosa coragem, o provou de modo incisivo, ao tombar defendendo o seu malaventurado idéal.



O Cháos, na sua genuina acepção, eis o aspecto apresentado pelo ultimo reducto dos fanaticos e onde o ultimo dentre elles cahiu luctando, n'um estado de verdadeiro desespero. Parecia ter uma violenta convulsão sacudido e abalado fundamente a pequena zona, theatro da memoravel resistencia. Via-se um amontoamento disforme, composto de casas derruidas, queimadas; mistura de madeiramento, tijollos, telhas e pedras, obstruindo o solo em todas as direcções, no meio de montes de carvão e cinza.