Página:A Guerra de Canudos.djvu/49

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
41
A Guerra de Canudos

tes documentos, apprehendidos após a queda do famoso baluarte. Si o Exercito fosse vencido em mais uma campanha, certamente não estariamos hoje no regimen republicano, talvez sob o de algum protectorado, o meio mais efficaz, ou o unico para a manutenção do antigo, cujos partidarios tinham as vistas voltadas para o longiquo recanto da Bahia, que se lhes afigurava o tumulo dos que temerariamente ainda tentassem occupar o até então inconquistavel reducto.

Na previsão de importantes acontecimentos, que viriam de maneira radical abalar o socego e o bem estar do paiz, e prevenindo quanto á sua propria segurança, o Governo, inteirado sobre o desastre, adiantou-se aos reclamos da opinião, e com actividade não commum, cuidou de appareihar a maior somma possivel de elementos, congregando-os em Queimadas, onde seria organizada forte Divisão, com todo necessario ao genero de guerra a emprehender.

Era esse o ultimo esforço que a Republica punha em prova. Vencedora a expedição, ella estaria salva, ou perdida seria com a derrota.

Urgia, portanto, a prompta formação da forte columna, começando sua execução com celeridade maxima. O activo Ministro da Guerra, o general de brigada Francisco de Paula Ar-