Página:A Guerra de Canudos.djvu/67

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
55
A Guerra de Canudos

A linha posteriormente veio prestar inestimaveis serviços ao bom andamento da expedição, tendo a picada aberta na catinga, para seu estabelecimento, servido de boa estrada para as forças transitarem no seu regresso de Canudos.

Emquanto pelos meiados de Março grande parte da 1ª columna já estava em Monte Santo, ainda o coronel Campello se demorava em Queimadas, organisando o serviço de fornecimento e transporte, com a morosidade proveniente, sobretudo, da falta de muares e carretas, ainda procurados. Em Monte Santo, nada existindo em deposito e na perspectiva d'uma perniciosa demora, o general em chefe partiu para Queimadas, afim de activar aquelle serviço, regressando áquella villa, onde chegou a 31 de Março.

Nos corpos da 1ª columna os exercidos eram frequentes, duas vezes diariamente. O longo esperar da marcha era assim preenchido. Havia officiaes, e mesmo chefes, impacientes por marcharem sobre Canudos; mas certamente não conheceriam as precarias condições da columna, no tocante ao principal elemento da guerra: o abastecimento com seu transporte; e, o general Arthur Oscar não commetteria o grave erro de precipitar a marcha, sem que essas condições fossem plenamente satisfeitas.