Página:A Guerra de Canudos.djvu/75

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
61
A Guerra de Canudos

deserto, apto, no entanto, para toda cultura. Algum rancho de vaqueiro, apparecia solitario, perdido na catinga, onde o gado desseminado, erradio e em estado semi-bravio, confunde-se no meio do inextrincavel macisso de espinhos, cipós e arbustos, cujo conjuncto offerece a côr esverdeada, mesclada de amarello e perdendo-se no horizonte, semelhante a oceano encapellado.

Os officiaes cavalgavam geralmente essas pequenas, mas lépidas alimarias do Norte, capazes de vencer de sol a sol 25 e 30 leguas, sem a menor demosntração de cansaço. Os batalhões marchavam á vontade, mas com a formatura regular; na retaguarda seguiam o comboio, muitas mulheres e crianças, companheiras e filhos dos soldados.

Estes, que abnegados ! Vergados ao triplice peso da carabina e accessorios, 200 cartuchos e a barraca, além da ração para 4 dias; cobertos de poeira, levantada em turbilhões pela estrada a fóra, ou então encharcados sob bategas d'agua, patinhando na lama, marchavam animados e alegres, vencendo leguas e leguas com os jarretes d'aço, livres da fadiga, cantarolando ou assobiando. Ao escurecer, chegando ao ponto do acampamento, ainda carneavam, e, após armarem as barracas, sahiam