Página:A Guerra de Canudos.djvu/78

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
64
A Guerra de Canudos

girem amplos recursos para o sustento do pessoal da brigada: assim, havia cereaes e gado em abundancia, gallinhas, porcos, etc. sem entretanto rivalisar com Simão Dias, na quantidade e preço baixo.

A' 31 de Maio, d'essa ultima localidade marchou a 5.ª brigada com a artilharia e sapadores. O general Commandante da Columna foi obrigado a permanecer em Simão Dias mais algum tempo, além do que pretendia, devido ao atrazo do fornecedor em apresentar o numero de cargueiros necessario; atraso justificado, visto a difficuldade em obter muares n'aquella zona, no curto espaço de tempo disponivel; por isso, a 2 de Junho é que poude ser movimentada a columna, com o material em bôa ordem. Fazendo pequenas marchas de 3 e 4 leguas diarias, e com a mesma felicidade com que a 4.ª brigada o conseguio, pela manhã de 7 de Junho o general Commandante com o restante das forças acampou em Geremoabo.

A' 8, todos os batalhões constituindo a 2.ª columna, estavam concentradas na villa. N'aquella dacta o seu effectivo attingia a 2480 homens, faltando 62 por diversas causas, em saliencia as fébres, endemicas no sertão, mórmente na zona banhado pelo Vasa-Barris. O general fez communicar o facto ao Commandante em chefe, ficando aguardando ordens, conforme