Página:A Menina do Narizinho Arrebitado (1920).pdf/10

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 A MENINA DO

A Menina do Narizinho Arrebitado (pag 6. crop).png

a fazer buracos, agachou-se, ageitou no bico os oculos e depois de examinar a "terra" disse:

— Marmore não é. Parece antes borracha ou requeijão!...

— E estas plantinhas sem folhas? perguntou Escamado, mostrando as sobrancelhas.

— Devem ser varas de vime ou barbatanas, não vê como são flexiveis? Vou levar um feixinho dellas ao compadre Grillo para que me faça um balaio de costura.

— E eu outro, para Dona Aranha Costureira collocar nos espartilhos.

E puzeram-se os dois a tirar fios da sobrancelha de Narizinho. Cada "barbatana" que arrancavam era uma dorzinha aguda, e bem vontade teve a "terra" de varrel-os d'alli com uma tapona, mas tudo supportou, sem a menor careta, tão

A Menina do Narizinho Arrebitado (pag 6. crop) - 2.png

interessante estava achando a singular aventura. E ficou immovel, a espiar a manobra dos curiosos bichinhos entretidos na colheira das varas de barbatana, pensando lá comsigo: