Página:A Menina do Narizinho Arrebitado (1920).pdf/29

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

NARIZINHO ARREBITADO 25

A Menina do Narizinho Arrebitado (pag 25. crop).png

tirar as damas. Quem marcava era um faceiro tangará, famoso mestre sala da côrte. Narizinho, sentada no throno, estava doidinha por dançar. Mas a quadrilha passou-se e ninguem veiu tiral-a. Logo depois, entretanto, a orchestra rompeu a Valsa Real e o principe, levantando-se, disse á menina:

— É chegada a nossa vez. Quer dar-me a honra desta valsa?

A Menina do Narizinho Arrebitado (pag 25. crop) - 2.png

Narizinho, que não queria outra cousa, desceu do throno e nos braços do principe rodopiou pela sala em gyros tão velozes que mais parecia em pião vivo. O kagado vendo aquillo cochichou para o caramujo: Si aquelle foguetinho te tirasse para dançar, que seria de ti, compadre?