Página:A Menina do Narizinho Arrebitado (1920).pdf/43

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

NARIZINHO ARREBITADO 39

A Menina do Narizinho Arrebitado (pag 39. crop).png

A menina, mal ouviu aquillo, teve um chilique, e mestre Agarra viu-se em apuros para despertal-a com borrifos d'agua fria. Quando Narizinho voltou a si o sapo disse:

— Vamos, menina! Nada de fraquezas. É preciso avisar o principe emquanto é tempo.

Narizinho, com lagrimas nos olhos, agradeceu o aviso do sapo e sahiu correndo em direcção aos aposentos do principe. Lá bateu na porta, furiosamente. O principe,

A Menina do Narizinho Arrebitado (page 39. crop) - 2.png

assustado, pulou da cama de espada na mão e vendo em sua frente Narizinho em camisola, mais espantado ficou ainda.

— Depressa, principe! Estão conspirado contra a nossa vida!... disse ella. E desfiou toda a historia contada pelo sapo. O principe ouviu tudo em si-