Página:A campanha de Canudos.pdf/52

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
48
a campanha de canudos

Dizia um telegramma assignado pelo juiz de direito dr. Genes Fontes e por mais 50 cidadãos dentrejos melhores do logar:

« Autoridades, população Monte Sancto, em nome vida e honra familia brazileira, pede façaes quanto antes marchar força commando major Febronio, detida quatro leguas áquem Monte Sancto, aflm neutralizar assalto presumido, ou prepara­tivos fuga bandidos. Força actual póde marchar Canudos vanta­josamente, si não entenderdes guardar Monte Sancto até reunião definitiva. Bandidos encovados Canudos demonstram panico, abatimento moral.»

Por sua vez, o promotor publico da mencionada comarca de Monte Sancto, o dr. Honorio de Lima, dizia:

«C ommunico-vos que hontem chegou a esta villa uma força do regimento policial, commandada por um capitão. Outrosim, tenho a honra de communicar-vos ter chegado ao meu conhecimento a sahida da força federal sob o commando do major Febronio de Brito, acampada a quatro leguas de dis­ancia desta villa, e aqui de ha muito esperada. A demora da chegada das forças a esta villa está animando a Antonio Conslheiro, e seus sequazes ameaçam vir a esta villa soltar presos o assassinar as autoridades. Conscio de vosso patriotismo e de­ sejo provado de tornar uma realidade a pacificação de nossos sertões, e cumprindo o dever de pôr á vossa disposição os meus serviços, peço licença para affirmar — que as forças de que ó commandante o major Febronio de Brito são, a meu ver, sufficientes para levar a effeito a pacificação. »

Ambos os telegrammas, agora citados, foram expedidos em 14 de dezembro, isto é, na mesma data em que o referido major telegraphara ao commandante do districto, opinando — que re­gressar a Queimadas era imprudência.

Salientou mais ainda o commissario de policia de Monte Sancto o funesto erro, quando em 17 de dezembro, tambem por telegramma, se externou por este modo: si não fosse impedida a marcha do major Febronio, estava liquidada a questão e restituida a paz ao Estado.

Quasi ao mesmo tempo, um capitão de policia, que fôra a Monte Sancto com reforço, e a incumbência de verificar a situação