Página:A campanha de Canudos.pdf/61

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
57
a campanha de canudos


No serviço dos canhões e metralhadoras, guarnecidos pelo contingente do 5° de' artilharia, ao commando do sr. alferes Antonio de Araújo Lima, houve ordem e presteza nas manobras, estando naquelles o I° sargento Julio Melchiades de Jesus, como nas metralhadoras os 2°s sargentos Manoel Aureliano da Silva Leite e Ignacio Gomes de Aguiar e Silva, que se conservaram com calma e firmeza em seus logares.

No combate de 19, todos se conservaram em seus postos, repellindo com o maior heroísmo os impetos dos ferozes canibaes, quando envolveram a columna. Louvo, portanto, por sua bravura excepcional, o sr. tenente Wencesláo Martins Leal, que importantíssimos serviços teria ainda prestado, si não fosse ferido honrosamente no começo da acção de 18 ; aos srs. alferes Honorio Domingues de Menezes Doria, ferido tambem nesse dia, na linha do fogo, pela sua persistência e sangue frio na luta, e Eutychio Coelho Sampaio, a quem sempre vi com calma e interesse nas avançadas, bem como ao sr. 2° tenente Hilário Francisco Dias. Louvo ao destemido sargento Anaeleto Alves Ribeiro, incontéstavelmente um soldado valoroso e bravo, a quem confiei o serviço de romper a frente na retirada de 19, feito perigoso e bem executado, onde fôra ferido, não abandonando seu posto; ao 1° sargento Modesto Antonio Marques, pelo seu sangue frio e excepcional desprendimento no combate, e aos demais inferiores citados, bem como aos do 9° 33° e 26°, aqui não referidos, especificando o sargento Aggripino Car­valho, que se tornaram bons auxiliares em todos os com­bates, como os da força policial. Louvo ainda aos srs. tenente Polycarpo Costa e alferes Mauricio Marques Guimarães, meus auxiliares de pessoa, que se prestaram espontaneamente ao assalto, bem como aos cabos Marcolino Pereira da Costa e José Teixeira Serrão, do 9°, que se portaram com bravura e denodo, o primeiro até com impetos de valor invejável, como tudo apreciei, e ainia ao cabo de artilharia Francisco Eugênio Pimenta, pela sua valentia e sangue frio, no serviço do canhão de que era chefo. Tambem cabe louvar, pelo seu comporta-