Página:A campanha de Canudos.pdf/71

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
a campanha de canudos
67

receiando — que os jagunços abandonassem-na amedrontados pela approximação da força que elle commandava. Havia, por consequencia, da parte do coronel Moreira Cesar a convicção de que se achava apparelhado convenientemente para atacar o ini­migo, e a maxima confiança nos meios com que ia disputar-lhe a victoria.

Nem outros sentimentos exprime o telegramma, que elle na tarde do citado dia 10 passou ainda ao governador, e eu vou re­produzir agora:

« Informações, que vos deram, revelam um facto, que já fazia minhas constantes preoccupações, isto é, sempre e só receio fuga dos fanaticos. Com auxilio chefe segurança, já providenciámos Tucano ouvir amigos. Desejo saber vossa opinião, caso columna receba confirmação noticias, sendo que considero em todos os casos nosso unico objectivo prender os fanaticos de Antonio Conselheiro. »

Mais ou menos quando essas occurrencias eram registradas, aportava á Bahia o vapor Sanctos, conduzindo a seu bordo o ba­talhão 16° de infantaria de linha, sob o commando do coronel Francisco Agostinho de Mello Souza Menezes, e com o effectivo de 300 praças de pret, além de 30 officiaes. Estava armado a Mannlicher. E foi recebido gentilmente pela população da cidade, do que é prova a esplendida ovação por ella feita a esses mili­tares, que chegavam cheios de civismo e de fé para se bater pela causa da legalidade.

Os acontecimentos, porém, foram se desenrolando gradual­mente para terminar, por mal nosso, num desastre tão emocio­nante quanto inesperado.

No dia 11, o coronel Moreira Cesar se dirigiu novamente ao governador, e o seu despacho telegraphico demonstra a convicção, que o dominava, de terem seu nome e sua fama o prestigio capaz de fazer debandar os jagunços, antes mesmo delle enfrental-os:

« Em vista das noticias da fuga do Conselheiro, apressar operações me parece de grande vantagem ; por isso poderão vir do 16° de infantaria apenas 100 homens para ficarem guar­dando Monte Sancto, que é base operações, e vir tambem coronel