Página:A escravidão no Brasil e as medidas que convem tomar para extinguil-a sem damno para a nação.pdf/31

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


cercão a todas as de seu sexo que não tem appoio nem proteção natural.

É esses perigos serião tanto maiores para as libertas, quanto os prejuizos de raça por muito tempo farão olhal-as como crioulas, descendentes de escravos, e portanto gente de condição infima, a cuja vida ninguem, de condição diversa da sua, quererá ligar seu destino pelos laços do matrimonio.

O que deve resultar do facto de não acharem as pobres libertas, já orphãs da protecção paterna, o apoio de um marido no seio da sociedade onde são, um dia, lançadas, eu não preciso cançar-me em tornar patente.

Todo o sacrifício feito pelo estado, será perdido, ou quasi perdido,

Em vez de excellentes mães de familia que elle educou e formou, virão apenas creadas honestas, ou pobres mulheres que cedendo a falta de recursos, se atirarão na carreira seguida por suas desgraçadas mães.

Seria um erro e uma crueldade, crear e educar com tanto cuidado esses entes primitivamente condemnados a perdição moral, e depois abandonal-os á influencia das causas que arrastfão áquella perdição.

O meio de evitar esse erro tão funesto ao estado como aos seus pupillos, me parece simples.

Mais um esforço, e a regeneração da raça preta será completa; e o paiz se applaudirá de ter tirado das fontes as mais impuras da nossa sociedade, correntes preciosas de engradecimento e prosperidade.

Basta, para isso, que se estabeleção colonias nacionaes, mil vezes preferiveis ás estrangeiras, com os libertos que forem completando sua educação, moral e artistica.

Reunidos em um, ou em varios centros communs, todos os filhos dos escravos preparados para a vida civil e social, às moças encontrarão facilmente maridos de suas proprias condições, e formar-se-hão familias honestas e laboriosas, em vez de se perder no seio da sociedade, uma massa immensa de rapazes e raparigas condemnados a uma vida de isolamento, porque no meio da grande sociedade perder-se-hão uns dos outros.

Dir-se-ha que por este modo fomentão-se as indisposi-

4