Página:A guerra europea, discurso proferido pelo Ministro da Fazenda por David Lloyd George.pdf/10

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
10
O SACRIFICIO.

Invejo-vos a opportunidade, mancebos !   E uma grande opportunidade, uma opportunidade que só é dada ao homem uma vez em muitos seculos.   Para a maior parte das gerações o sacrificio vem sempre em forma de uma monotonia e cansaço de espirito.   Hoje chega-vos a vez e chega-nos a todos na forma do ardor e fremito de um grande movimento pela liberdade, que impelle milhões em toda a Europa para o mesmo fim.   (Applauso.)   É uma grande guerra para a emancipação da Europa do jugo de uma casta militar que lançou as suas sombras sobre duas gerações de homens e está mergulhando o mundo actual em um oceano de sangue e morte.   Alguns já deram suas vidas.   Alguns deram mais que suas vidas; deram as vidas dos que lhes eram caros.   Honra á sua coragem e que Deus seja o seu conforto e resistencia.   Mas a recompensa está a chegar, os que cahiram morreram consagrados.   Tomaram parte na creação de uma nova Europa ou mesmo de um novo mundo.

Por entre os fogos do campo da batalha já vou vendo signaes da sua vinda.

O NOVO PATRIOTISMO.

O povo lucrará mais com esta lucta em todos os paizes do que actualmente pode comprehender.   (Ouçam, ouçam.)   É verdade que ficará livre da maior ameaça á sua liberdade, mas isto não é tudo.   Ha alguma cousa infinitamente mais elevada e duradora que vem ja surgindo deste grande conflicto, um novo patriotismo, mais precioso, mais nobre e mais exaltado que o velho.   (Applausos.)   Diviso entre todas as classes, altas e baixas despojando-se de seu egoismo o reconhecimento de que a honra da patria não depende apenas do campo da batalha para a manutenção da sua gloria, mas também da protecção dos seus lares contra a miseria.   (Ouçam, ouçam.)   Uma nova perspectiva se vai apresentando a todas as classes.   A grande onda de luxuria e indolencia que havia submergido o paiz está se retirando e uma nova terra vem apparecendo.   Podemos ver pela primeira vez as cousas fundamentaes que importam na vida e que tem sido obscure cidas de nossa visão pela desenvolvimento tropical de prosperidade.   (Ouçam, ouçam.)

"A VISÃO."

Querem que lhes diga em forma de uma simples parabola o que eu entendo estar esta guerra fazendo por nós ?

Conheço um valle no paiz de Galles, entre as montanhas e o mar.   É um formoso valle, aconchegado, confortavel, abrigado dos ventos penetrantes, pelas montanhas.   É porem muito enervante e lembro-me que os rapazes tinham o costume de subir ao monte acima da aldeia para desfructarem da vista das grandes montanhas distantes e serem estimulados e envigorados pelas brizas que vinham do topo dos montes