Página:Americanas.pdf/115

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa




XI


Ó mocidade, ó baluarte vivo
Da cara patria! Ja perdida é ella,
Quando em teu peito enthusiasmo sancto
E puro amor se extingue, e áquelle nobre,
Generoso despejo e ardor antigo
Succede o frio calcular, e o torpe
Egoismo, e quanto ha hi no humano peito,
Que a natureza não creou nem ama,
Que é fructo nosso e podre... Muitos caem