Página:Arte de Grammatica da Lingoa mais Vsada na Costa do Brasil (Anchieta 1595).djvu/16

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
ARTE DA

ſem o v. liquido, como guitarra.

E ſe algũs outros ſe pronuncião ſem o. v. liquido he por que ſão compoſtos de, qui, que ſe muda em, ng. como ſe diſſe acima do, c. ſem zeura, vt quiá, compoſto aimonguiá.

E ſe algum he diſsyllabo, he porque tambem ſeu ſimples o he vt ocúi, compoſto oimongúi, ocuî, cõpoſto, oimonguî.

¶ Conforme a eſta orthographia, & pronunciação onde quer, q̃ ſe achar i. vel, ypſilon in principio dictionis, ante outro, i. ſempre he vogal que he o relatiuo is, ea, id, de quo infra, & o ſeguinte, i. tambem ſera vogal ſe ſe lhe ſeguir conſoante, vt ijra, & ſeguindoſe vogal o ſeguinte, i. ſera conſoante, vt jára, ijára, & geralmente qualquer vogal que ſe ſeguir ao i. em qualquer dição ſempre he o, i. vogal ſendo relatiuo, vt,

A. fruita. , eius fructus.
E. dicere. , eius dicere, l. dictio.
O. tapar. , id occludere.
V. comedere. , id comedere.

¶ Seguindoſe, a. o. u. não ſendo relatiuo ſempre he conſoante vt jára, jógua, diſſyllabos, , monoſyllabo.

¶ Seguindoſe, a vogal, melhor precede, ypſilon, & pronũciaſe como em caſtelhano, ya, ye, vt yeçóca, &c. Do qual se diſe em cima que ſe vſa as vezes por, nh. com todas as vogaes, & ainda que ya, no affirmatiuo ſeja conſoante, com tudo no negatiuo, pręcedente conſoante fica vogal, vt nhamanô, l. yamanô, negatiuo, nyamanói. Mas niſto

vay