Página:As organizações no ciberespaço.djvu/116

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


OLIVEIRA, Maria Marly de. (2007) Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis, RJ: Editora Vozes.

PIOZZI, Patrizia. (2006) Os arquitetos da ordem anárquica: de Rousseau a Prodhon e Bakunin. São Paulo: Editora UNESP.

PRIMO, Alex Fernando Teixeira; RECUERO, Raquel da Cunha. Hipertexto Cooperativo: Uma Análise da Escrita Coletiva a partir dos Blogs e da Wikipédia. Revista da FAMECOS, n. 23, p. 54-63, Dez. 2003.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. (2006) Do contrato social. Coleção a obra-prima de cada autor. São Paulo: Martin Claret.

SEVERINO, Antônio Joaquim. (2002) Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez.

SILVA, Daniel Martins de Lima. "O Conhecimento Socializado: Wikipédia e Enciclopédia de Diderot", em http://reposcom.portcom.intercom.org.br/dspace/bitstream/1904/17141/1/R1507-.pdf.

SILVEIRA, Sérgio Amadeu. (2001) Exclusão digital: a miséria na era da informação. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo.

________. (2006) A mobilização colaborativa e a teoria da propriedade do bem intangível. Dissertação (Doutorado em Ciência Política) USP, São Paulo.

SPYER, Juliano. (2007) Conectado: o que a internet fez com você e o que você pode fazer com ela. Rio de janeiro: Jorge Zahar Editor.

TEXEIRA Filho, Jayme. (2002) Comunidades virtuais:como as comunidades de prática na Internet estão mudando os negócios. Rio de Janeiro: Senac.

TEORIA DA FIRMA, em Wikipédia, A enciclopédia livre. Disponível no endereço eletrônico: <pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_da_firma Acesso> em 20 fev 2008.

YAROZINSKI, Maria Heidemann. (2000) Contribuições da teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas para a educação tecnológica. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) CEFET-PR, Curitiba.

YIN, R. K. (2001) Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman

WIKIPEDIA. Disponível: <http://pt.wikipedia.org>. Acesso em 20 fev. 2008.