Página:As relações luso-brasileiras.pdf/115

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


XV
CONCLUSÃO

A approximação luso-brasileira é fatal, apesar de implicar a queda das instituições politicas que reduziram Portugal ao deploravel estado de ruina em que se debate entre as oligarchias, que o exploram, e o povo, que olha ancioso para o despontar dessa vida nova, que só homens novos, de idéas novas e sentimentos novos, serão capazes de crear.

O Brasil e Portugal hão de harmonizar os seus interesses e as suas apirações.

Quando?

Quando esse desideratum não exigir o impossivel. Porque é tão impossivel que a monarchia portuguesa se transforme a ponto de poder adoptar os principios e sentimentos da democracia brasileira quanto é impossivel que esta retroceda ao que era o Brasil de ha cincoenta annos, sómente pelo capricho de estreitar

as suas relações com o reino do sr. D. Manuel de Orléans e Bragança — o unico representante coroado das

8