Página:As relações luso-brasileiras.pdf/25

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


III
O SUPPOSTO PERIGO

Onde existe o perigo da desnacionalização?

Diz o sr. Consiglieri Pedroso, no seu 7.° considerando, que «o Brasil corre o risco de se ir desnacionalizando pouco a pouco pela introducção, cada vez em mais larga escala, de elementos ele immigração estranhos ao seu caracter historico e até antipathicos á sua idiosyncrasia ethnica — provaveis causadores de futuras perturbações e de inevitaveis perigos para a União».

A immigração não portuguesa — eis em que consiste o perigo, no dizer do eminente professor. Ora, a verdade, falada pelos numeros, póde ser sem brilho, mas é irrecusavel.

Em todo o periodo que vae de 1820 áté 1907, diz-nos a estatística (Bulhões Carvalho, trabalho citado) que, rios portos do Brasil, entraram 1.213.167 italianos, 634.585 portugueses, 288.646 hespanhoes, 93.075 allemães, 50.892 austriacos, 54.593 russos, 19.269 france-