Página:Broqueis.pdf/66

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Ave de melancolicos mysterios,
Rufiaste as azas por Azues sidéreos
Ébria dos vicios celebres que salvam...

Para alguns corações que ainda te buscam
És como os sóes que rútilos coruscam
E a tórva terra do deserto escalvam!