Página:Broqueis.pdf/91

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


REGENERADA


De mãos póstas, á luz de frouxos cyrios
Rézas para as Estrellas do Infinito,
Para os Ázues dos sideraes Empyreos
Das Orações o doloroso rito.

Todos os mais reconditos martyrios,
As angustias mortaes, teu labio afflicto
Soluça, em préces de luar e lyrios,
N'um trémulo de phrases inaudito.