Página:Chrysalidas.pdf/13

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
– 11 –

A prophecia so foi todos os dias realisando de um modo brilhante.

Hoje a criança é homem; — o aprendiz jornalista e poeta.

Não me enganára... Adivinhei-o! E se alguem descobrir em mim vaidade quando me attribuo positivamente o privilegio e a autoridade desta prophecia, declaro desde já que a não declino, que a quero para mim, que a não cedo a ninguem, porque... porque della me prézo, porque della me orgulho, porque o prophetizado é Machado de Assis, — o bardo de Corina, — o poeta das Chrysalidas!


V.

Até aqui o amigo: agora, leitor! o critico.

Eu disse: — o poeta das Chrysalidas.

Poeta é o autor: Chrysalidas é o livro.

Chrysalidas e poeta... dous lindos nomes... dous nomes sonoros... mas um delles falso!

Como serpo entre rosas, — no meio de tanta consonancia deslisou-se uma contradicção.

Chrysalida é nympha, é principio de transforma-