Página:Chrysalidas.pdf/141

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


IV.


Ne vois-tu pas?
A. M.


Tu que és bella e feliz, tu que tens por diadema
A dupla irradiação da belleza e do amor;
E sabes reunir, como o melhor poema,
Um desejo da terra e um toque do Senhor;

Tu, creação feliz de um dia de pureza,
Em que a terra não teve um só peccado, irmã
Das visões que sonhou no culto da belleza
A musa de Petrarca e o pincel de Rembrant;