Página:Chrysalidas.pdf/166

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


sollicitações de alguns amigos, a cuja frente te pozeste. Devo declaral-o, para que não recaia sobre mim exclusivamente a responsabilidade do livro. Denuncio os cumplices para que soffram a sentença.

Não te bastou animar-me a realisar esta publicação; a tua lealdade quiz que tomasses parte nocommettimento, e com a tua propria firma sellaste a tua confissão. Agradeço-te o acto e o modo por que o praticaste. E se a tua bella carta não puder salvar o meu livro de um insucesso fatal, nem por isso deixarei de extender-te amigável e fraternalmente a mão.


Machado de Assis.

Rio de Janeiro, 1.º de Septembro
de 1864.